Unidade realizou cerca de 35.000 atendimentos ambulatoriais

 

Apesar das dificuldades de 2018, o Hospital Mestre Vitalino (HMV) comemora o balanço de fim de ano com números bem significativos para Caruaru e região. Em 2018 o ambulatório somou 34.358 atendimentos, destes 15.280 médicos, e 19.078 não médicos. Os números de atendimentos de urgência e emergência dão ideia da importância deste equipamento para a região, ao todo foram registrados 36.817, sendo 13.879 médicos e 22.938 não médicos.

Ao longo de 2018, 2.859 pessoas estiveram internadas na Clínica Médica, 2.419 na Clínica Cirúrgica, 1.295 na Pediatria, 1.201 na Cardiologia, 1.697 na Neurologia, totalizando 9.471 pacientes internos de janeiro a novembro. Os números de cirurgias neste mesmo período somam 4.727, destes 2.087 de urgência e 2.640 eletivas (programadas). Além disso, 164 pacientes foram beneficiados com cirurgias cardíacas que tendem a melhorar a qualidade e expectativa de vida, e 109 crianças passaram por procedimentos cirúrgicos.

“Para nós este foi um ano muito difícil, mas temos uma grande equipe que se empenha e que vai fazendo este grande equipamento funcionar da melhor forma. Só temos o que agradecer, e dizer que se Deus nos permitir 2019 será ainda melhor. Vencemos 2018 e venceremos todos os anos que estão por vir ofertando uma assistência de qualidade para a população desta região”, pontuou o Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

Para que todos esses atendimentos tenham diagnósticos precisos, a unidade realizou 413.281 exames, distribuídos entre laboratoriais, ultrassonografias (USG), raios X e tomografias. Neste ano, 2.470 sessões de hemodiálise foram realizadas no HMV, melhorando as condições dos pacientes renais que chegam à unidade. Para acompanhamento das crianças com microcefalia foram realizados 686 atendimentos de neuropediatria, 305 de gastropediatria e 16 novos casos foram diagnosticados.

Desde agosto de 2018, antes mesmo da inauguração da Unidade de Oncologia, o HMV já começou a ofertar o serviço de ambulatório e quimioterapia, até novembro foram registrados 314 atendimentos e 78 quimioterapias, número que tende a crescer agora com a inauguração da unidade que foi realizada no dia 15 de dezembro. Os serviços da hemodinâmica também não param, a central celebrou os dois anos de funcionamento no último dia 13 de dezembro, com 1.060 atendimentos somente neste ano. A expectativa é que em 2019 o HMV possa ofertar ainda mais serviços, prezando sempre pela assistência humanizada. 

Localização

© 2017-2019 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados